Limpeza de Caixa d'Água em Condomínios

Veja o que a legislação de BH diz sobre a limpeza de caixa d’água!

Você já parou para pensar qual é a importância da caixa d’água para diferentes ambientes? Essas estruturas são fundamentais para o funcionamento de praticamente todos os ambientes, abastecendo locais e as pessoas com água limpa para consumo e atividades diárias.

A caixa d’água está presente em vários locais, desde condomínios e casas unifamiliares até mesmo em escolas, hospitais e entidades de diferentes portes e tipos. Com tanta gente dependendo de um sistema tão vital, é fácil entender a importância da limpeza de caixa d’água, não é mesmo?

O Grupo JotaEle Conservadora atua em Belo Horizonte na limpeza de caixa d’água trazendo para nossos clientes toda a qualidade necessária para um segmento tão importante como esse. Atuamos de acordo com o que é exigido pela indústria para estarmos sempre à frente do mercado para proteger a sua segurança e a sua saúde!

Para aumentar ainda mais o seu bem-estar, estamos trazendo várias informações importantes sobre a limpeza de caixa d’água e o que a legislação fala sobre este importante tema.

Continue com a gente para aprender mais sobre este importante ponto!

Limpeza de caixa d’água – O que diz a legislação

Em Belo Horizonte, a limpeza de caixa d’água para diferentes tipos de ambientes e diferentes usos é determinada pela Lei nº 6673, de 4 de julho de 1994. A lei determina, entre outras coisas, qual a periodicidade para a realização da limpeza de caixa d’água.

A lei, em seu primeiro artigo, define que:

Art. 1º – Deverão os reservatórios de água instalados em escolas, unidades de saúde e entidades beneficentes receber:

– proteção fornecida por tampas adequadas;

II – serviços de limpeza e desinfecção a cada período de, no máximo, 6 (seis) meses.”

Apesar da determinação listar unidades de saúde e entidades beneficentes, o um parágrafo único determinada que:

“Os condomínios residenciais e comerciais e as residências unifamiliares deverão também observar os incisos deste artigo.”

Além da limpeza, a legislação também manda que seja realizado um teste de potabilidade no reservatório de água:

“Art. 2º – Deverá a água armazenada em reservatórios de escolas, unidades de saúde e entidades beneficentes ser submetida a análise físico-química e bacteriológica, considerando-se as seguintes exigências: 

– obediência aos parâmetros de potabilidade, higiene e consumo previstos na Lei nº 4.323, de 13 de janeiro de 1986, e no Decreto nº 5.616 (Código Sanitário Municipal), de 15 de maio de 1987;

II – afixação de laudo contendo os resultados semestrais em local próprio, na instituição proprietária do reservatório; 

III – renovação da análise a cada período de, no máximo, 6 (seis) meses.” 

Além das determinações, a legislação também informa que o não cumprimento dessas medidas pode ser caracterizada como infração sanitária. Você pode acompanhar a lei na íntegra através deste link!

A importância de realizar a limpeza de caixa d’água

Mesmo que um ambiente não esteja entre os que são obrigados pela lei a realizar a limpeza da caixa d’água em BH, é fundamental nunca negligenciar essa importante estrutura, já que a saúde e o bem-estar de todas as pessoas em um ambiente dependem bastante do reservatório de água.

Apenas pense em quantas vezes por dia você bebe água, cozinha ou usa a água para qualquer coisa. Em um condomínio ou empresa, multiplica isso pelas muitas pessoas no ambiente, todas essas vezes, a caixa d’água foi fundamental.

Mesmo com o tratamento de água realizado pelas empresas de abastecimento, partículas acabam ficando na água. Enquanto elas não fazem mal, elas podem acumular dentro da caixa e se tornar um problema que pode ser bem grave.

Não apenas isso, mas até mesmo as caixas que são fechadas de forma correta, acabam deixando caminho para as pequenas partículas que podem acumular durante 6 meses e apresentar riscos para os moradores e pessoas em um local abastecido pela caixa.

Além disso, o acúmulo de partículas pode aos poucos prejudicar a tubulação de as torneiras, já que as partículas acabam entrando dentro da tubulação junto com a água e ficando pelos canos do sistema de abastecimento.

Com a limpeza de caixa d’água, você evita o risco de doenças como:

  • Gastroenterites infecciosas;
  • Hepatite A;
  • Esquistossomose;
  • Leptospirose;
  • Dengue

Como realizar a limpeza de caixa d’água

A legislação não determina a maneira que a limpeza deve ser realizada, porém, por exigir o teste de qualidade da água, é importante que a limpeza seja feita por uma empresa profissional e que ofereça todas as soluções necessárias para a ocasião.

Condomínios, escolas, empresas e locais com reservatórios de água grandes ou com muitas caixas d’água precisam de atenção especial, equipamentos específicos e métodos que não só garantam a limpeza e a qualidade da água, mas também não danifiquem de maneira alguma a integridade das caixas d’água.

A empresa responsável pela limpeza deve sempre realizar um serviço preciso e com todas os procedimentos necessários para a descontaminação completa da água e do reservatório.

Além disso, é altamente recomendável realizar uma investigação completa em relação a estrutura da caixa d’água. Qualquer alteração ou sinais de um possível problema no futuro devem ser comunicados ao contratante.

Para ter todas essas vantagens, é mais do que fundamental contar com uma empresa de limpeza de caixa d’água em belo horizonte, conte com a JotaEle Conservadora !

JotaELe para a limpeza de caixa d’água em BH

Quer ter o melhor serviço para garantir a saúde e a qualidade de vida de todas as pessoas no seu ambiente? Então não deixe de entrar em contato com a gente para garantir o melhor serviço da região!

O Grupo JotaEle possui experiência neste segmento e utiliza os melhores e mais seguros métodos para garantir a qualidade da água em qualquer local!

Nosso serviço de limpeza, higienização e sanitização de reservatórios segue rigoroso padrão de qualidade. Não apenas isso, mas também realizamos o teste de controle de água.

O Grupo JotaEle emite o Certificado de Limpeza, válido por seis meses, assegurando a competência dos serviços, conforme Lei Municipal 6673, que atesta a qualidade da água armazenada em reservatórios e caixas d’água.

Você já parou para pensar que a falta de limpeza da caixa d’água pode trazer uma série de problemas e riscos para a sua saúde? Durante o dia a dia necessitamos da água para consumo próprio, lavar objetos, ambientes, alimentos e também para a nossa higiene pessoal.

Portanto, é muito importante que a água presente na caixas d’água ou reservatórios não esteja contaminada para evitar o surgimento de doenças.

Não é à toa, que segundo recomendação da Vigilância Sanitária a limpeza deve ser realizada a cada 6 meses. Não importa o local, seja em empresas ou imóveis residenciais, os riscos são grandes e são os mesmos!

CONFIRA OS PRINCIPAIS PROBLEMAS QUE A FALTA DE LIMPEZA DA CAIXA D’ÁGUA PODE CAUSAR:

1) TRANSMISSÃO DE DOENÇAS:

Precisamos da água para a manutenção da vida e, principalmente, de água potável para consumo. A falta de limpeza da caixa d’água pode gerar o surgimento de bactérias e protozoários naquele ambiente, ou seja, há uma série de doenças que podem surgir caso não haja manutenção adequada dos reservatórios!

Dengue

É ideal que a caixa d’água esteja sempre tampada, observe esse detalhe de tempos em tempos! Afinal, esse é um cenário favorável para o mosquito Aedes aegypti depositar os ovos na água parada e disseminar a dengue e outras variáveis, doenças que podem levar à morte.

Hepatite A

A falta de limpeza da caixa d´água pode causar até mesmo a Hepatite A. Essa doença que ataca o fígado, pode ser transmitida pelo contato com a água contaminada ao ser ingerida. São comuns sintomas como tom amarelado dos olhos e pele, diarreia e falta de apetite.

Giardíase

Também causada pela ingestão de água contaminada, a giardíase é marcada por náuseas e dores abdominais. A infecção é causada por parasitas que podem se proliferar em ambientes, como a caixa d’água suja, por exemplo.

Amebíase

Ao lavar os alimentos com a água contaminada por causa da sujeira do reservatório há o risco de desenvolver outra doença, a amebíase. Essa infecção parasitária acomete o intestino causando dores abdominais e fadiga.

Esses são apenas alguns exemplos de doenças relacionadas com a falta de limpeza da caixa d´água, existem muitas outras! Já pensou no perigo que os funcionários da sua empresa ou sua família correm?

Por isso, atente-se para garantir a melhor manutenção possível. O Grupo JotaEle realiza serviços de limpeza, higienização e sanitização de reservatórios com excelência. Saiba mais…

2) CHEIRO RUIM E SABOR ESTRANHO:

Outro problema causado pela não manutenção dos reservatórios é o mal cheiro e gosto ruim causados pela presença de microrganismos e sujeiras.

É importante notar a coloração da água. Quando não está cristalina há grandes motivos para se preocupar!

3) ENTUPIMENTO DE TUBULAÇÕES:

Também muito comum, o entupimento da tubulação hidráulica é causado pela sujeira acumulada! Já pensou no transtorno que pode surgir? Por isso, é sempre bom realizar a limpeza semestralmente.

É bastante comum acreditar que aquele alimento ingerido não fez bem, mas a água poucas vezes é vista como uma potencial causadora dessa contaminação. Por isso, fique sempre atento (a)! Principalmente agora que você já descobriu os principais problemas que a falta de limpeza da caixa d’água podem causar.

Coloque a saúde em primeiro lugar!

Esperamos que o conteúdo tenha te ajudado! Continue acompanhando mais conteúdos do nosso blog e saiba mais sobre a limpeza das caixas d’água!

Existem partes de um ambiente que são encaixadas no que chamamos de “conforto invisível”. Neste tipo de conforto estão todas as estruturas que garantem o bem-estar no dia a dia das pessoas no ambiente, mesmo que elas não sejam visíveis.

Uma importante estrutura que está dentro desse segmento são as caixas d’água, essas importantes estruturas são responsáveis por abastecer residências, prédios, escolas, empresas e qualquer outro ambiente com água potável.

Como é de se esperar, a limpeza de caixa d’água é um fator muito importante para a saúde de todas as pessoas que utilizam o local. Mas você sabe qual é a periodicidade da limpeza de caixa d’água?

Por mais que muitos saibam a importância desse tipo de instalação, muitos acabam pecando por esquecer de realizar a manutenção nos intervalos recomendados.

Para oferecer mais conhecimento e saúde para nossos clientes, o Grupo JotaEle está trazendo para seus clientes de Belo Horizonte e leitores de muitas outras regiões, informações importantes em relação a limpeza de caixa d’água, a periodicidade necessária para o trabalho e o quais os problemas acarretados pela falta de cuidado!

A importância da limpeza de caixa d’água

Não é difícil entender a importância da limpeza da caixa de água e dos reservatórios, não é mesmo? A água é o líquido básico para podermos realizar a grande maioria das atividades do dia a dia, incluindo, é claro, o consumo direto.

Porém, tão ruim quanto não beber água é beber água de baixa qualidade. Por mais que a estação de tratamento forneça água limpa, esse fator pode ser perdido quando a água é armazenada em uma caixa ou reservatório sujo.

Como é de se imaginar, essa é a importância da imediata da limpeza, evitar que as pessoas no ambiente consumam água de baixa qualidade. Isso evita a transmissão de doenças e outros problemas de saúde ligados à ingestão de partículas presentes na sujeira da caixa.

Depois dos benefícios para a saúde, temos o benefício para os canos e torneiras. Uma caixa de água suja acumula diversos tipos de partículas que acabam se unindo, formando uma espécie de lodo.

Eventualmente esse lodo é carregado junto com a água para dentro dos canos e das torneiras. Uma vez dentro da tubulação, esse material por causar entupimentos e danificar mecanismo de torneiras, dando bastante dor de cabeça para o local.

Vale mencionar que quanto maior for a caixa d’água, maior tem que ser o cuidado com a limpeza e com a periodicidade correta, já que mais pessoas poderão ser afetadas.

Por estes motivos é importante ficar de olho na periodicidade da limpeza de caixa d’água.

Vale lembrar que até mesmo caixas d’agua que possuem uma camada antibacteriana precisam da limpeza periódica e que ela deve ser feita no mesmo período que os modelos de revestimento comum.

E quando se deve realizar a limpeza caixa d’água?

Bom, agora que sabemos a importância da limpeza de caixa d’água, é importante sabermos quando elas devem ser limpas. De forma geral, a recomendação para todas as caixas d’água, residenciais e de níveis maiores, é que a limpeza seja realizada de maneira semestral, ou seja, a cada 6 meses.

Enquanto para casas com caixas individuais essa é uma recomendação que deve ser seguida, para prédios públicos, escolas, unidades e saúde e outros ambientes do gênero, essa recomendação é lei!

Em Belo Horizonte, local de atuação do Grupo JotaEle, a periodicidade da limpeza de caixa d’água é determinada pela Lei 6673/94 (Lei nº 6673, de 4 de julho de 1994).

Logo no primeiro Artigo, a Lei é categórica em determinar como deve ser feita a manutenção e limpeza de caixa d’água:

Art. 1º – Deverão os reservatórios de água instalados em escolas, unidades de saúde e entidades beneficentes receber:

  • – proteção fornecida por tampas adequadas;
  • II – serviços de limpeza e desinfecção a cada período de, no máximo, 6 (seis) meses.”

A lei também determina em seu artigo 5º que:

“Art. 5º – O não-cumprimento do disposto nesta Lei constituirá infração de natureza sanitária, a ser punida administrativamente, de acordo com o art. 186 do Decreto nº 5.616, de 15 de maio de 1987, sem prejuízo das sanções penais cabíveis.”

Portanto, não restam dúvidas da periocidade da limpeza de caixa d’água em BH ou qualquer outro lugar, não é mesmo?

Sinais de que está na hora de limpar a caixa d’agua

Aqueles que não realizam a limpeza de caixa d’água nesse período logo notaram sinais de que está na hora realizar essa limpeza. Independente do tipo de ambiente ou do tamanho da caixa, logo alguns desses sinais serão notáveis:

  • O primeiro sinal fica por conta do gosto da água, que via apresentar leves alterações inicialmente e ficar cada vez mais forte com o tempo.
  • Depois vai ser possível notar que a água não está totalmente incolor. Ao coloca-la em um copo transparente ou em algo branco, é possível notar um tom amarelado. Com o avanço da sujeira a água adota um tom mais amarronzado.
  • O cheiro da água também pode ficar alterado quando a limpeza de caixa d’água é negligenciada, porém, este é um estado onde os outros sinais

Melhor empresa para limpeza de caixa d’água em Belo Horizonte

Se você quer evitar os problemas causados por uma caixa d’água sem a limpeza devidamente realizada, que tal contar com o Grupo JotaEle?

Oferecemos serviços de limpeza e conservação para diferentes segmentos e clientes, para que você possa ficar tranquilo com a conservação de qualquer local.

Contamos com uma equipe operacional é altamente capacitada e apta para execução dos serviços, seja em espaço confinado ou em trabalho em altura, conforme NR33 e NR35 do Ministério do Trabalho.

Estes treinamentos garantem maior monitoramento e controle dos riscos existentes, para que a realização dos serviços seja feita de forma segura e confiável.

Portanto, para a limpeza de caixa d’água em Belo Horizonte, conte com a JotaEle Conservadora para ter o melhor resultado e os melhores serviços. Entre em contato com a gente e encontre todas as soluções que você precisa para a limpeza e conservação de ambientes!